Comida que é desperdiçada alimentaria o mundo

A cada ano, 26,3 milhões de toneladas de comida são jogadas fora, o que significa um volume suficiente para distribuir 131,5 kg para cada brasileiro ou 3,76 kg para cada habitante do planeta. Segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) toda essa comida desperdiçada alimentaria os cerca de 13 milhões de brasileiros que ainda passam fome. Além disso, poderia facilitar o trabalho do Banco Central no combate à inflação, pois, com uma oferta maior de produtos, os preços não subiriam tanto.

Apesar de todo esse desperdício gerar mais do que apenas prejuízos financeiros, o Brasil pouco se estimula para realizar mudanças nesse quadro. Desde 1998, a Lei do Bom Samaritano, a qual faz referência a uma passagem bíblica, continua em aprovação no Congresso Nacional e sem previsão alguma para a sua aprovação. A proposta tem como objetivo isentar os doadores de alimentos da responsabilidade civil e penal, se agirem de boa fé na distribuição de comida, algo semelhante ao que hoje ocorre em países da Europa e nos Estados Unidos.

lixo
Enquanto essa lei não é aprovada, o Brasil pune rigidamente os doadores. A atual legislação prevê até cinco anos de prisão caso quem receba os alimentos sofra algum tipo de dano ao ingerir a comida. Devido a isso, os donos de restaurantes, por exemplo, sentem-se obrigados a despejar no lixo as sobras diárias da produção.

Mais informações

Você sabia que a comida desperdiçada no mundo responde por mais emissões de gases causadores de efeito estufa do que qualquer país? Com a exceção da China e dos Estados Unidos.

Segundo o relatório intitulado “A Pegada do Desperdício Alimentar”, divulgando na última quarta-feira pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e a Alimentação (FAO), a emissão de carbono dos alimentos desperdiçados equivale a cerca de 3,3 bilhões de toneladas de dióxido de carbono por ano.

No mundo industrializado, a maior parte do lixo vem de consumidores que compram muito e jogam fora o que não comem. Nos países em desenvolvimento, a principal causa é a agricultura ineficiente e falta de instalações para o armazenamento adequado.

“A redução de desperdício de alimentos não só evitaria a pressão sobre recursos naturais escassos, mas também diminuiria a necessidade de aumentar a produção de alimentos em 60 por cento, a fim de atender a demanda da população em 2050”, diz a FAO.

OBS: Legenda foto 1: As Ceasas espalhadas pelo Brasil recebem diariamente a população atrás de garantir os alimentos para a sua casa.

Legenda foto 2: O desperdício de alimentos consome cerca de 250 quilômetros cúbicos de água e ocupa cerca de 1,4 bilhão de hectares, grande parte de hábitat natural.

Anúncios

Tags:, , ,

Categorias: Sem categoria

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: